.


 

#BRASIL. Revista Isto É destaca nosso projeto

Editor Noticiero DC |

Veja a materia da Isto É sobre o projeto Torne-se um Jovem Deputado.

O DEM, sigla atual do antigo e conservador PFL, está habituado a eleger parlamentares jovens, como os deputados ACM Neto (BA), Efraim Filho (PB) e Rodrigo Maia (RJ), todos empossados aos 20 e poucos anos. Mas o partido está longe de ser identificado como uma legenda com inserção no movimento estudantil e não carrega em sua plataforma apelos que atraiam a juventude. Para as eleições deste ano, o DEM resolveu inovar. Sabedores de que a bancada vem diminuindo ao longo dos anos, os democratas promoveram um inédito “concurso” para conceder legenda a jovens que sonhem com a carreira parlamentar. O apelo foi feito pela internet. “Você quer ser candidato a deputado? Acha que pode ajudar o País a crescer? Acredita que juntos podemos construir uma nação democrática mais justa? O DEM quer apoiar jovens, como você, que têm entre 21 e 35 anos, nas próximas eleições.” A proposta esteve no site do partido entre os dias 2 e 9 de junho.

Para ganhar o direito de disputar a eleição, os interessados enviaram ao partido um vídeo de apresentação, no estilo reality show, e um texto que deveria responder à pergunta: “Por que quero ser candidato a deputado pelo DEM? E quais serão minhas propostas?” Ao todo, os democratas receberam 32 inscrições e apenas três candidatos foram aprovados.

Um dos vencedores à vaga para deputado estadual, o paraibano Lucas Pereira, 23 anos, estudante de jornalismo, definiu sua vertente política no movimento estudantil. “Fiquei enjoado de ouvir os velhos chavões da esquerda, e quando soube que a Juventude Democratas tem todo um programa de formação política fui logo tratando de ir atrás”, diz Lucas.

“Quero provar, através de projetos e debates com a comunidade, que é possível transformar um Estado pobre como Sergipe em uma sociedade sustentável”, diz Carlos Eduardo Silva, sergipano de 27 anos, professor universitário e, agora, pré-candidato a deputado estadual.

O único pré-candidato a deputado federal é natural de Goiânia e cursa ciências políticas em Brasília. “Quero fazer a política da vida pública, essa coisa desafiadora do poder. Quero defender a liberdade em todos os setores. Foi isso que me trouxe ao Democratas”, discursa Thiago Mathias.

Os selecionados, além da legenda, terão apoio durante a campanha eleitoral. Para o deputado Efraim Filho, um dos idealizadores do concurso, o DEM está dando aos jovens uma chance de ocupar um lugar entre os conhecidos caciques da política. Na direção nacional do partido, porém, a avaliação é diferente. À reportagem de ISTOÉ, dois líderes nacionais da legenda disseram que a adesão ao concurso foi considerada baixa e que o DEM teme uma redução no número de militantes.