.


 

BRASIL. DEM-SC reúne pré-candidatos e decide deflagrar com atividades regionais projeto para 2010

Editor Noticiero DC |

O Democratas de Santa Catarina reuniu hoje (26) em Florianópolis praticamente todos os seus pré-candidatos às eleições majoritária e proporcionais do ano que vem e decidiu detalhar e agendar, para os meses de novembro e dezembro, uma série de cerca de 25 encontros regionais, com atividade variada (contatos com autoridades, visitas a entidades, compromissos com a imprensa e mobilização partidária).

A programação se baseia na participação dos pré-candidatos e objetiva, ao tempo em que intensifica mobilização junto à sociedade civil, popularizar o discurso do pré-candidato do partido ao governo do Estado, senador Raimundo Colombo. Entende a liderança que é o discurso que faz, neste momento, a diferença. Cabe, portanto, padronizá-lo e difundi-lo como mensagem, atento às variantes regionais.

O senador Colombo pregou a união do grupo, com o fundamental espírito de equipe e a solidariedade, dizendo que é a contribuição de cada um que vai fazer com que muitos se elejam. Reforçou discurso feito pelo Prefeito de Chapecó, João Rodrigues, de que precisa o Democratas estar preparado para a coligação que deseja, para a coligação possível e, também, para a disputa em chapa pura.

O coordenador Antônio Ceron propôs, desde já, para o Democratas 2010, as metas de eleger, além dos candidatos majoritários, quatro deputados federais e nove deputados estaduais nessa eleição. Na última (2006), os democratas, ainda no PFL, elegeram três deputados federais e seis estaduais. Dos três federais, hoje resta um no partido. Um foi para o PSDB, outro para a base do governo Lula.

Participaram também os prefeitos Milton Hobus (Rio do Sul), Wanderley Agostini (Curitibanos) e Rafael Laske (Joaçaba), o secretário Onofre Agostini, os presidentes Murilo Xavier (Fatma) e Ivan Ranzolin (SC Gás), deputados Gelson Merísio, Darci de Matos, Jean Kuhlmann, Cesar Souza Junior e Ismael dos Santos e ex-prefeitos Ivo Konell, Carlos Hoegen e Carlos Alberto Piva, e outros líderes.

O encontro teve a filiação ao partido do radialista e ex-vereador Aldair Lenz Correia Niezer, de Porto União, abonada pelo senador Raimundo Colombo. O advogado Nelson Serpa, especialista em legislação eleitoral, faz palestra sobre o que pode e o que não pode no período eleitoral. Apesar de reconhecer a relatividade do tema. “Lula, por exemplo, pode tudo”, disse, aos outros aconselhando que permaneçam atentos.